Renegociação de dívidas pelo ‘Desenrola Brasil’ começa na segunda-feira

Primeira etapa vai renegociar débitos de pessoas físicas com renda de dois salários mínimos até R$ 20 mil; programa também promete limpar o nome de quem deve até R$ 100 em no máximo 30 dias

O novo programa do governo federal para facilitar a renegociação de dívidas de pessoas físicas, o Desenrola Brasil, começa a receber inscrições na próxima segunda-feira, 17. A data foi determinada em portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta, 14. Grande bancos que atuam no país já confirmaram que devem participar e contar com incentivos oferecidos pelo governo. De início, as instituições financeiras poderão receber os pedidos de renegociação de inadimplentes que se enquadram na Faixa 2, que compreende aqueles que têm renda entre dois salários mínimos e R$ 20 mil. Não há limite para o valor das dívidas. Também a partir de segunda-feira, o ‘Desenrola’ promete começar a perdoar débitos de até R$ 100 em no máximo 30 dias.

Faixa 1, para quem tem renda de no máximo dois salários e dívidas de até R$ 5 mil, deve ter cadastro aberto em uma segunda etapa. O pagamento será facilitado em até 60 meses, com juros de no máximo 1,99% ao mês, em parcelas mínimas de R$ 50. As dívidas devem ter sido adquiridas entre 1º de janeiro de 2019 e 31 de dezembro de 2022. Não serão aceitas dívidas decorrentes de crédito rural, financiamento imobiliário e operações com funding ou risco de terceiros. O programa irá contemplar dívidas inscritas no Serasa, no SPC e afins.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com