Relator adia votação da reforma tributária na CCJ do Senado para 18 de outubro

O relator da reforma tributária, senador Eduardo Braga (MDB-AM), alterou a data prevista para votação do texto na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado Federal. Antes prevista para o início de outubro, a análise agora deve ser feita em 18 de outubro. Após tramitar na CCJ o texto pode ir a plenário e, caso existam alterações, ele volta para a Câmara dos Deputados. A mudança ocorreu porque o relator incluiu mais audiências públicas do que o previsto inicialmente no plano de trabalho. A previsão é de que haja mais uma reunião sobre o impacto da medida no setor de serviços e uma outra sobre o Conselho Federativo, realizada nesta quarta-feira, 14. Apesar dos atrasos na análise da reforma, a meta do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD), e do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP), é prorrogar a medida até o final do ano, mas com o adiamento o prazo tem ficado apertado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *