BC prevê uso do Pix sem internet, transações internacionais e pagamentos em pedágios e transporte público

BC prevê uso do Pix sem internet, transações internacionais e pagamentos em pedágios e transporte público

O “Relatório de Gestão do Pix – Concepção e primeiros anos de funcionamento 2020-2022”, divulgado pelo Banco Central nesta segunda-feira, 4, aborda possibilidades de desenvolvimentos futuros para a ferramenta. Entre novas funcionalidades que poderão ser aplicadas no Pix está o uso do serviço sem conectividade à internet para realizar transações. O BC afirma que há espaço para estudar formas alternativas de iniciação de pagamentos, que poderão ser aplicadas em pedágios em rodovias, estacionamentos e transporte público. A autoridade monetária também indica a possibilidade de que o Pix seja utilizado para pagamentos a prazo ou parcelados e de compras de bens e de serviços no exterior. O órgão indica que muitas novidades ainda serão implementadas, mas não esclarece quais são elas nem qual é previsão de implementação.

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com