Tribunal do Colorado decide que Trump não pode concorrer à presidência no Estado

Suprema Corte do Colorado decidiu nesta terça-feira, 19, que o republicano Donald Trump não pode participar das primárias eleitorais do Estado, no pleito de 2024, à chefia da Casa Branca. Segundo o Tribunal, o ex-mandatário está inelegível por causa de suas ações relacionadas ao ataque contra o Capitólio em 2021. “A maioria do tribunal considera que o presidente Trump está desqualificado para ocupar o cargo de presidente nos termos da Seção Três da Décima Quarta Emenda da Constituição dos Estados Unidos”, decidiu o Tribunal. “Como ele foi desqualificado, seria um ato ilícito, segundo o Código Eleitoral, o Secretário de Estado do Colorado incluir seu nome como candidato nas primárias presidenciais”, acrescentou. Por enquanto, a decisão vale apenas para o Colorado.

Se acatada pela Suprema Corte dos EUA, entretanto, teria potencial para mudar os rumos da eleição de 2024. A defesa de Trump, porém, promete recorrer da decisão. “A Suprema Corte do Colorado emitiu uma decisão completamente errada esta noite e iremos rapidamente apresentar um recurso à Suprema Corte dos Estados Unidos e um pedido simultâneo para a suspensão desta decisão profundamente antidemocrática”, disse o porta-voz da campanha de Trump, Steven Cheung, em comunicado. No começo deste mês, o “Wall Street Journal” revelou que Trump lidera a corrida presidencial na disputa com Joe Biden. De acordo com o levantamento, 47% estão inclinados a escolher o republicano, enquanto 43% apoiam o democrata. O resultado é semelhante ao de outras pesquisas nacionais recentes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com