Seleção espanhola masculina reprova beijo forçado de Rubiales em Hermoso: ‘Inaceitável’

Seleção espanhola masculina reprova beijo forçado de Rubiales em Hermoso: ‘Inaceitável’

A seleção espanhola masculina divulgou uma nota em que repudia o “comportamento inaceitável” de Luis Rubiales, suspenso pela Fifa do cargo de presidente da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) por dar um beijo forçado na jogadora Jenni Hermoso após a Copa do Mundo Feminina. “Queremos repudiar o que consideramos ser um comportamento inaceitável por parte do senhor Rubiales, que não esteve à altura da instituição que representa”, diz uma parte do texto, que foi lido pelo atacante Álvaro Morata, capitão da equipe. “Estamos firme e claramente do lado dos valores que o esporte representa. O futebol espanhol deve ser um motor de respeito, inspiração, inclusão e diversidade, e deve dar o exemplo com a sua conduta dentro e fora do campo”, acrescentou.

Com todos os convocados presentes na sala e os líderes do elenco Morata, Rodri Hernández, César Azpilicueta e Marco Asensio à mesa, os jogadores tomaram posição sobre a polêmica desencadeada após a Copa do Mundo Feminina, reprovando o comportamento de Rubiales. “Gostaríamos de expressar mais uma vez o nosso orgulho e as nossas mais sinceras felicitações à seleção feminina pela conquista da Copa do Mundo em Sydney”, começou dizendo Morata, que tomou a palavra como primeiro capitão após a aposentadoria do lateral-esquerdo Jordi Alba da seleção. “Um marco histórico cheio de significado que marcará um antes e um depois no futebol feminino espanhol, inspirando muitas mulheres com um triunfo que não tem preço. Por este motivo, queremos manifestar o nosso pesar e a nossa solidariedade para com as jogadoras que viram o seu sucesso manchado”, acrescentou.

Depois de condenar o comportamento de Rubiales, os jogadores pediram à imprensa para que pare com o assunto e se concentre nos dois jogos decisivos das Eliminatórias para a Eurocopa de 2024, contra Geórgia e Chipre. “A partir de hoje, enfrentamos um estágio decisivo para o futuro do futebol espanhol no nosso caminho para a classificação para a Euro 2024, com dois jogos contra Geórgia e Chipre. Gostaríamos, a partir de agora, de nos concentrar nas questões esportivas, dada a importância dos desafios que temos pela frente”, afirmou.

*Com informações da EFE

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com