Produção industrial brasileira recua 0,6% em abril e registra taxas negativas em 10 Estados

Produção industrial brasileira recua 0,6% em abril e registra taxas negativas em 10 Estados

A atividade industrial no Brasil apresentou resultados negativos durante abril. A produção da indústria retraiu 0,6% no comparativo com março e 10 dos 15 locais pesquisados apresentaram taxas negativas. Na comparação com o mesmo mês do ano anterior, a indústria recuou 2,7% em abril, com resultados negativos em 12 dos 18 locais pesquisados. No acumulado do ano, houve retração de 1% no comparativo com o mesmo período de 2022. Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nesta terça-feira, 13. O órgão também informou que o resultado acumulado nos últimos 12 meses assinalou perda de ritmo frente ao resultado do mês anterior (0,0%), quando interrompeu a sequência de dez meses de resultados negativos. Durante abril de 2023, os Estados que tiveram retrações maiores foram o Amazonas, com queda de 14,2% e Pernambuco, com 5,5% negativos. O IBGE informou que Ceará (-3,7%), Minas Gerais (-3,0%), Região Nordeste (-2,4%), Paraná (-2,2%), Rio de Janeiro (-1,8%), Goiás (-1,5%) e Espírito Santo (-1,2%) também mostraram taxas quedas mais intensas do que a média nacional (-0,6%), enquanto São Paulo (-0,2%) completou o conjunto de locais com índices negativos em abril de 2023. Já o Rio Grande do Sul teve o maior crescimento, com 2,2% de alta. Contudo, na avaliação da média móvel trimestral, 8 dos 15 locais pesquisados tiveram resultados positivos, com destaque para Bahia (3,8%), Pará (2,7%), Pernambuco (2,6%), Região Nordeste (2,2%) e Mato Grosso (1,0%). Já entre aqueles que apresentaram os principais recuos em abril estão Goiás (-2,5%), Amazonas (-1,1%), Paraná (-1,0%) e Espírito Santo (-0,9%).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com