Brasileiro acusado de atentado contra Cristina Kirchner vai a julgamento

Brasileiro acusado de atentado contra Cristina Kirchner vai a julgamento

A Justiça da Argentina decidiu dar seguimento ao processo de tentativa de homicídio contra Cristina Kirchner. Decisão foi anunciada pela juíza María Eugênia Capuchetti nesta segunda-feira, 12, pois a defesa dos acusados não apresentou recursos. Com isso, o brasileiro Fernando Sabag Montiel e a namorada dele, Brenda Uliarte, vão a julgamento junto a Gabriel Nicolás Carrizo, que empregava o casal e também é acusado de participação no crime. Os três são réus pela tentativa de homicídio contra Kirchner em 1º de setembro do ano passado. Na ocasião, Montiel se infiltrou entre apoiadores que estavam em frente à residência da vice-presidente e apontou uma arma para a cabeça dela, mas os disparos falharam. O Ministério Público do país classificou o caso como tentativa de homicídio duplamente qualificado por traição e competição dolosa de duas ou mais pessoas, com agravo pelo uso de arma de fogo.

Kirchner defende a tese de que os mandantes do crime ainda não foram descobertos. Entretanto, de acordo com o procurador do caso, a investigação não evidenciou qualquer vínculo dos acusados com outros grupos ou pessoas. Também foi descartado que os réus tenham recebido dinheiro para realizar o ataque.

*Com informações do repórter Misael Mainetti

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com