Em meio a processo de recuperação judicial, presidente da Light renuncia ao cargo

Em meio a processo de recuperação judicial, presidente da Light renuncia ao cargo

Neste sábado, 17, Thiago Freire Guth anunciou sua renúncia dos cargos de presidente da Light Sesa, a distribuidora da Light, e de conselheiro de administração da Light Energia. Segundo comunicado da empresa, Guth desempenha suas funções até o dia 30 de junho de 2023. “As companhias registram os seus agradecimentos ao Sr. Thiago Freire Guth pelo profissionalismo e dedicação durante o exercício de suas funções no Grupo Light”, declarou a nota. A mudança causou um certo furor e apreensão dentro do mercado financeiro, uma vez que a empresa passa por um processo de recuperação judicial, devido a uma dívida de R$ 11 bilhões da distribuidora de energia que atende 4 milhões e meio de pessoas no Rio de Janeiro, em mais de 30 municípios, incluindo a capital. Apesar da situação conturbada da companhia, de acordo com informações obtidas pelo repórter Rodrigo Viga, da Jovem Pan News, a renúncia se deu por motivos pessoais e não teria relação com o atual estado financeiro do grupo.

Na Justiça fluminense, o pedido de recuperação judicial foi acolhido e o plano está sendo elaborado pela empresa, que alega ter muitas perdas, principalmente em áreas dominadas pelo crime organizado. Traficantes e milicianos realizam instalações clandestinas que acabam impactando a receita e o faturamento da distribuidora de energia. No entanto, ao longo dos últimos anos o Rio de Janeiro passou por um processo de esvaziamento e perda econômica, o que também acabou afetando as concessões de energia e outras concessionárias de diversos setores.

*Com informações do repórter Rodrigo Viga

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com