Wellington volta a defender fiscalização à circulação de UTVs nos Lençóis Maranhenses

Rascunho automático

Seguindo ele, a luta não é pela proibição ao uso do UTVs, mas para que tenha uma regulamentação da utilização desses veículos. Ele pediu o envolvimento da Assembleia na questão.

O deputado Wellington do Curso (PSD) voltou a defender, na sessão plenária desta terça-feira (13), a fiscalização da circulação de veículos UTVs no Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, em Barreirinhas. O parlamentar relatou que fez reunião nesta semana com lideranças do trade turístico do município, que querem a liberação da circulação.

“Estamos na luta não pela proibição ao uso do veículo UTV, do quadriciclo, mas para termos uma regulamentação da utilização desses veículos”, disse.

Segundo o deputado, a população de Barreirinhas quer o envolvimento da Assembleia na defesa da cidade. “Estamos cobrando também da gestão municipal de Barreirinhas para que adote as devidas providências”, ressaltou Wellington.

O parlamentar informou, ainda, que também participou de uma reunião com alguns moradores do município, que falaram, inclusive, de uma outra “situação caótica na cidade”, que é a demora para a coleta do lixo. “Eu fui ao lixão da cidade e constatei um verdadeiro absurdo ali”, relatou.

Manifestação

Outro ponto destacado pelo parlamentar foi a manifestação de moradores dos bairros Vila Itamar e Recanto Verde, realizada pacificamente na BR-135, em São Luís. Eles cobram da Prefeitura melhorias em várias áreas, principalmente na Educação.

Os moradores fizeram essa manifestação para chamarem a atenção da Prefeitura de São Luís para problemas como a creche não construída na gestão anterior, posto de saúde que ainda não foi inaugurado e a carência no serviço de transporte público.

“Tive uma reunião com os representantes desses dois bairros e coloquei-me à disposição não só para destinar emendas parlamentares, mas para que possamos fazer também uma intervenção junto ao Governo do Estado e à Prefeitura de São Luís, para solucionar esses problemas. Hoje, as crianças dessas comunidades têm que se deslocar para a UEB Nossos Amiguinhos, localizada no bairro Tibiri, e eles não têm transporte escolar”, afirmou o deputado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com