Operação deixa ao menos 9 mortos no Complexo da Penha, no Rio

Duas das vítimas eram líderes do tráfico conhecidos como Fiel e Du Leme, segundo a polícia

Ao menos nove pessoas foram mortas nesta quarta-feira, 2, durante uma operação policial contra o tráfico de drogas no Complexo da Penha, conjunto de favelas na zona norte do Rio de Janeiro, informou a Polícia Militar. Dois deles eram líderes de facções criminosas das comunidades do Juramento e da Chatuba, conhecidos como Fiel e Du Leme, informou a polícia. Outros dois suspeitos de envolvimento com o tráfico ficaram feridos, além de um policial militar que está em situação “estável”. Foram apreendidos sete fuzis, munições e granadas. A PM informou que as equipes do Batalhão de Operações Especiais (Bope) foram atacadas a tiros ao chegar ao local e, por isso, ocorreu o confronto. Imagens publicadas no Twitter da PM mostram policiais retirando barricadas colocadas nas ruas por criminosos. A Secretaria Municipal de Educação informou que 16 escolas, que somam mais de 3 mil alunos, suspenderam as aulas na região.

A operação ocorre logo depois de pelo menos outras 35 mortes nas mãos das forças de segurança nos últimos cinco dias no país: 16 no Estado de São Paulo e 19 na Bahia. Os casos em São Paulo foram desencadeados pelo assassinato de um PM da Rota na Baixada Santista. Na Bahia, houve mortes em ações em Camaçari e Itatim. Em 2022, o Brasil registrou 6.429 mortes nas mãos da polícia, o que equivale a 17 por dia, segundo dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

* Com informações da AFP e da Agência Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com