*Ivo Rezende participa de lançamento do Novo Pac no Maranhão*

Nesta segunda-feira (06), o Maranhão testemunhou um marco importante para o desenvolvimento, com o lançamento do Novo Plano de Aceleração do Crescimento (PAC) pelo Governo Federal. O evento, realizado em São Luís, reuniu várias autoridades, incluindo o ministro da Casa Civil, Rui Costa, contou com a presença do presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM), Ivo Rezende.

Durante a solenidade foram anunciados consideráveis investimentos para o estado, com um volume de recursos de quase R$ 100 bilhões. O governador Carlos Brandão, o ministro das Comunicações, Juscelino Filho, e o ministro do Esporte, André Fufuca, também participaram da cerimônia.

O papel desempenhado pela Famem nesse importante evento não passou despercebido, sendo citado pelo governador do Maranhão e pelos ministros presentes. Ivo Rezende, presidente da entidade, destacou a importância do Novo PAC para o Maranhão, afirmando que “esse é um passo significativo em direção ao crescimento econômico e ao fortalecimento da infraestrutura do nosso estado”. Rezende também ressaltou o papel da Famem em representar e mobilizar os municípios maranhenses, para que possam garantir que as  necessidades e interesses de todos eles sejam devidamente considerados.

O ministro Rui Costa, em sua apresentação, detalhou os investimentos planejados para o estado, abrangendo áreas como infraestrutura, energia, saúde, educação e projetos de desenvolvimento sustentável. Além das obras já previstas e retomadas, incluindo mais de 24 mil unidades habitacionais do Minha Casa, Minha Vida e investimento de R$ 18 bilhões no eixo transmissão de energia.

Rui Costa destacou a figura do também membro integrante do Conselho da Federação, Ivo Rezende, em participações recentes no cenário nacional. E concluiu o anúncio dos recursos de forma especial para os municípios, que devem se inscrever em projetos de obras pelo Novo PAC Seleções, processo aberto até o próximo dia 10 de novembro para receber as propostas.

Os recursos podem chegar para a construção de novas escolas, creches, unidades de saúde, policlínicas, maternidades, espaços comunitários, praças CEU, obras de drenagem e de urbanização, entre outras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com