Caso Envolvendo Ex-Funcionário Que Relatou Ser Usado Como “Laranja” Em Riachão Deve Ir Parar Na Corregedoria-Geral Do MP

Um denúncia grave envolvendo um ex-funcionário de uma empresa que prestava serviços para a gestão do prefeito Ruggero Felipe em Richão, deve ir às instâncias maiores do Ministério Público do Maranhão.

A denúncia mostra comprovantes bancários e transações, para conta do ex-funcionária, que afirma em documento registrado em cartório, que foi usado em um suposto esquema de “lavagem de dinheiro e corrupção no Município de Riachão”. Conforme o documento abaixo registrado em cartório.

Acontece, que mesmo diante de todos os elementos, transações bancárias para conta do ex-funcionária, e até mesmo o pagamento de um veículo da primeira-dama de Riachão, através da conta. A Prefeitura de Riachão, informou através de nota, que o caso já foi alvo de uma investigação do Ministério Público do Maranhão através da Cormaca de Riachão e arquivado. Mesmo diante dos extratos bacários e transações suspeitas. Conforme imagens abaixo.

Conforme o documento enviado à redação deste site pela prefeitura, a investigação teve como promotor responsável, Adoniran Souza Guimarães.

Diante das evidências e diversas provas, extratos e relato do ex-funcionário, reconhecido em cartório. O caso deve seguir para a Corregedoria-Geral do Ministério Público do Maranhão que tem representante a Procuradora de Justiça Themis Maria Pacheco de Carvalho, para buscar mais elementos e o motivo que, a investigação tão grave, foi arquivada.

Fonte: enquanto isso no maranhao

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com