Alumar realizará teste de sirenes

Em continuidade à implementação do Plano de Ação de Emergência (PAE), documento aprovado pelas Defesas Civis Estadual e Municipal, a Alumar iniciará os testes com as oito sirenes distribuídas e instaladas na fábrica e nas comunidades de Coqueiro e Mangue Seco.

O teste acontecerá no dia 12 de agosto de 2023, com o objetivo de assegurar o adequado funcionamento do mecanismo, conforme a legislação. O PAE está vinculado ao Plano de Segurança de Barragens da Alumar e atende a uma determinação da Lei 14.066/2020, que objetiva aumentar ainda mais a segurança das pessoas.

“Não há necessidade das comunidades alterarem a sua rotina, nem se deslocar, visto que estaremos apenas testando os equipamentos para garantir o funcionamento”, informou o Superintendente das Áreas de Resíduo de Bauxita (ARBs), David Fernandes. “O teste será realizado por meio de acionamentos da sirene ao longo do dia”, finalizou.

Foram instaladas seis sirenes na Alumar, uma na comunidade de Coqueiro e outra em Mangue Seco. “Reforçando nossos valores, priorizamos sempre a segurança das pessoas e do meio ambiente. É importante enfatizar que as estruturas da Alumar estão seguras como sempre estiveram durante todos estes anos de atividade e que a instalação das sirenes faz parte do atendimento à lei”, reiterou o Diretor da Alumar, Walmer Rocha.

Outras ações

A Alumar vem dialogando com as comunidades vizinhas sobre o Plano de Ação de Ermergência e vem demonstrando a segurança das Áreas de Resíduo de Bauxita (ARBs) e do Lago de Resfriamento (CP), além de explicar sobre as placas de sinalização e sobre a instalação de sirenes.

Ao longo de 2022, foram realizados simulados de mesa e, em novembro, foi realizado, pelas Defesas Civis Estadual e Municipal, com o apoio da Alumar, Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar e outros órgãos, o primeiro simulado de campo envolvendo as comunidades.

“Simulados acontecem em todo o mundo e são parte importante do processo de educação das pessoas em segurança. Simulados como o que realizamos ano passado devem ser parte da rotina das pessoas e serão realizados periodicamente”, finalizou David Fernandes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com